Feeds:
Artigos
Comentários

Fong Shiu Yuen

cel_claro 321.jpg

Tirei essa foto num cartaz do metrô de São Paulo, em 2012 quando ainda trabalhava regularmente por lá. Fiquei impressionado com a qualidade da arte, mas não cheguei a visitar a exposição.

Apenas esse ano em que decidi procurar por Fong após tomar contato com a foto, descubro que, aparentemente, ele nos deixou.

Seu e-mail retornou, não existe mais. Seu Facebook está preservado “em memória de”. E uma singela página dedicada ao artista dentro do site de um restaurante chinês em São Paulo é muito vago quanto ao possível ocorrido.

Ficam aqui minhas homenagens, e se alguém souber o que ocorreu, por favor me aviar para que eu possa dirigir as corretas intenções. Independente de qualquer coisa, sua arte refinadíssima o imortalizou.

 

Foto

Anúncios

Imagem relacionadaQuando finalmente terminar, o (des) governo Pezão deverá marcar uma das páginas mais obscuras de qualquer administração que um dia sentou pé no Palácio Guanabara, E olha que tivemos administrações que a imensa maioria dos fluminenses sequer consegue lembrar do nome do governador. 

Uma marca do (des) governo Pezão é a total disposição para humilhar os servidores públicos estaduais, começando pelo achincalhamento com que trata a questão básica do pagamento dos salários. Nesse quesito, o (des) governo Pezão é insuperável no nível de desrespeito e zombaria.

Vejam abaixo uma publicação saída da coluna do Servidor do jornal “O DIA” em referência ao pagamento do 13o. salário de 2017 a 167.111 servidores ativos, aposentados e pensionista [1].

pezao 1Não creio que seja preciso lembrar que o (des) governador Pezão havia se comprometido a quitar o 13o. salário de todos os servidores em janeiro, depois passou para fevereiro, e agora aventa…

View original post mais 334 palavras

Gestação em toda a parte

O consultório onde atendia, na Rua Real Grandeza, era habitado por Heloísa Lessa, a papisa do parto ecológico, Rodrigo Vianna, obstetra humanizado e meu ilustríssimo irmão. Em toda a parte, as referências à gestação, parto e nascimento podiam ser vistas, em fotos, panfletos, esculturas. Essa é uma gestante escupida pelo filho do Mestre Vitalino, e nos olhava de um cantinho ao lado da pia do banheiro, enquanto acarinhava eternamente sua barriga cheia de Vida.

Publico essa imagem em homenagem à ginecologista Dra. Belinha, minha avó, que se viva hoje faria 102 anos. Foto tirada em 2011. (Arnaldo)

cel_claro 049.jpg

Eu fico até com medo de contar, bombar e resolverem aumentar o preço. Mas não seria eu. Lá da terra de uma tia, em Figueira de Castelo Rodrigo, há uma grande olival, que produz um dos melhores azeites que já experimentei na minha vida.

Figueira, que fica ao lado de Almeida, aldeia onde nasceram e foram criados meu pai e meus tios e tias da terrinha, agora exporta o Azeite Dulfal, vendido com exclusividade pelos Supermercados Mundial (pelo menos aqui no Rio). Quando o descobri há poucos anos, abri a garrafa e imediatamente me veio aquele prazer de quem se reencontra com pessoas que ama e não vê há tempos.

Recomendo imensamente, esse azeite que embora saia por não mais de R$22,00, tem a qualidade, o sabor, o aroma e o frescor de azeites bem mais caros, garanto. (Arnaldo)

Banheiros

Essa é a entrada do banheiro da Rio Decor, em Niterói. Adoro. Elegante e divertido. Nas portas internas do banheiro, a situação se inverte. Mulheres inspiradoras do tempo mais glamouroso de Hollywood. Já me contaram que no feminino que recebe as mulheres com Marilyn Monroe, a situação se inverte, é claro. (Fotos tiradas por mim em maio de 2016, Arnaldo)

IMG_20160518_140931.jpg

IMG_20160518_140912.jpg

O que dizer?

Resultado de imagem para trabalho escravo rio de janeiro
Há 13 ações contra escravidão em andamento na 1a instância no Estado

Cena 1: após a doença grave de um trabalhador, os filhos de 10 e 6 anos foram forçados a trabalhar num sítio em Sapucaia (RJ) para a família continuar numa casa do terreno. Trabalhavam das 5h às 12h, com pausa para a escola e volta ao trabalho às 17h. Nos fins de semana, o trabalho não tinha intervalo. As crianças eram agredidas com cordas e vara de ferrão e trabalhavam sob sol ou chuva.

 Cena 2: numa pastelaria em Icaraí, bairro nobre de Niterói (RJ), um casal chinês com bebê recém-nascido e um conterrâneo solteiro dormiam em cubículos num alojamento sem janelas e pé-direito entre 1,26m e 1,72m mantido pelo empregador. Funcionários do estabelecimento, usavam banheiro sem janela nem lavatório e com comunicação direta ao local de trabalho e ao destinado às refeições. No alojamento não havia…

View original post mais 944 palavras

Que país é esse?

Graças a um leitor deste blog recebi uma matéria publicada pelo Portal G1 [1] que joga um balde de água fria (além de revelar a propensão crônica do (des) governo Pezão de espalhar mentiras para enganar os servidores) na expectativa de que a realização da Operação Delaware II seja usada para gerar recursos para pagar o 13o. salário de 2017 para mais de 200 mil servidores estaduais do Rio de Janeiro.

operação delaware 4É que segundo informou o jornalista Guilherme Mazul do Portal G1 de Brasília, o presidente “de facto” Michel Temer barrou “o uso dos recursos da antecipação parcial ou total de royalties para pagar gastos de pessoal. A decisão afetará diretamente os planos do governo do Rio de Janeiro, que pretendia usar essas operações para sustentar o Rio Previdência.”

Assim, com uma tacada só, o (des) governo Pezão não apenas comprometeu a sustentabilidade financeira…

View original post mais 102 palavras

%d bloggers like this: