Texto Samurai (Séc. XV)

Não tenho país: Fiz do céu e da terra o meu país.

Não tenho lar: Fiz da percepção o meu lar.

Não tenho vida ou morte: Fiz do fluir e refluir

da respiração a minha vida e a minha morte.

Não tenho poder divino: Fiz da honestidade o meu poder divino.

Não tenho recursos: Fiz da compreensão os meus recursos.

Não tenho segredos mágicos: Fiz do caráter o meu segredo mágico.

Não tenho corpo: Fiz da resistência o meu corpo.

Não tenho olhos: Fiz do relâmpago os meus olhos.

Não tenho ouvidos: Fiz da sensibilidade os meus ouvidos.

Não tenho membros: Fiz da diligência os meus membros.

Não tenho estratégia: Fiz da mente aberta a minha estratégia.

Não tenho perspectivas: Fiz de “agarrar a oportunidade por um fio” as minhas perspectivas.

Não tenho milagres: Fiz da ação correta os meus milagres.

Não tenho princípios: Fiz da adaptibilidade a todas as circunstâncias o meu princípio.

Não tenho táticas:Fiz do pouco e do muito as minhas táticas.

Não tenho talentos: Fiz da agilidade mental os meus talentos.

Não tenho amigos: Fiz da mente o meu amigo.

Não tenho inimigos: Fiz do descuido o meu inimigo.

Não tenho armadura: Fiz da benevolência e da imparcialidade a minha armadura.

Não tenho castelo: Fiz da mente imutável o meu castelo.

Não tenho espada: Fiz da ausência do ego a minha espada.

Samurai Anônimo – Século XV

https://i1.wp.com/rpgbrasil.com.br/wp-content/uploads/2010/04/Samurai.jpg

One thought on “Texto Samurai (Séc. XV)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s