COLIGAÇÕES PERIGOSAS

COLIGAÇÕES PERIGOSAS: Na eleição para vereador, muito cuidado, seu voto pode ir para uma pessoa em quem você jamais votaria!!! (mesmo você tendo votado perfeitamente na urna) VEJA PORQUÊ!

 

Por Arnaldo V. Carvalho*

 

Muita gente pensa que nas eleições para vereador, ganharão os candidatos que tiverem mais votos, simplesmente. Mas não, pois nosso país entende que isso favoreceria sempre os grandes partidos e/ou criar uma certa estabilidade nos votados – empecilhos a democracia. Assim sendo, criou-se uma forma de cálculo que de certa maneira consegue efetuar uma distribuição lógica dos cargos a vereador entre diferentes partidos1. Por isso mesmo, o voto da gente as vezes não elege nosso candidato, mas pode eleger outro candidato do partido que você acredita.

 

O cálculo é feito assim: pegam-se o total de votos válidos e se divide pelo número de vagas. Pega-se então o número de votos que um partido teve, e divide-se pelo resultado da divisão anterior. O resultado é o número de vereadores que o partido conseguiu. Se o número porém não for redondo (e geralmente não é), por exemplo, se esse calculo acabar em 3,2, então o partido tem garantido 3 vagas. O que fica depois da vírgula vai se somar a todos os “restinhos” dos cálculos de cada partido, e irão compor um cálculo final, com as vagas que sobrarem. Esse cálculo, baseado em médias, também se baseia nos números totais de um partido, não de candidato A ou B.

 

Uma vez que se saibam quantas vagas o partido conquistou, aí sim conta o número de votos individual, e finalmente saberemos quem dentro desse partido é que vai entrar.

 

O problema é que, quando partidos formam alianças – as chamadas coligações – eles passam a contar, para o sistema eleitoral, como um só. Então vamos dizer que o Partido das Toupeiras se junta com o Partido das Águias, formando a coligação “Bicho Estranho”. Você quer votar no João Falcão do Partido das Águias, e na sua opinião o Partido das Toupeiras tem um ideologia totalmente contrária a sua. A coligação “Bicho Estranho” consegue 2 vagas de vereador. João Falcão é o mais votado do partido das águias, mas tem menos votos que Simão Castor e Vera Rato, ambos do Partido das Toupeiras (que você detesta), e assim fica de fora, porque nessa eleição, é como se fosse um só partido, que é a “Coligação Bicho Estranho”. Agora vamos a um exemplo ainda mais amargo. Vamos dizer que o João Falcão que você tanto gosta recebeu 100 mil votos, sendo que para o cargo precisava de 50.000. Sabe o que acontece? Os votos que sobram dele vão para os outros, não necessariamente do seu partido, mas por ordem de mais votado da coligação. Mais uma vez, você, embora tenha ajudado a eleger seu vereador preferido, acabou colocando na Câmara políticos que podem inclusive atrapalhar as iniciativas do seu vereador!

 

Por isso é que, Como diz Drica Guzzi, “antes de votar precisamos ter clareza de quem está junto com quem”. Se um partido que te agrada se junta com outro que você não votaria, veja lá se você vai mesmo querer votar nesse. No final das contas, as “coligações perigosas” é uma das arma mais traiçoeiras do cenário político nacional.

 

Conheça as coligações dos partidos dos seus candidatos consultando:

 

http://eleicoes2012.info ou http://www.repolitica.com.br

 

*Arnaldo V. Carvalho é pai, terapeuta, cosmopolita, “meio intelectual, meio de esquerda meio de direita“, e busca votar responsavelmente.

 

1. Esse cálculo é baseado em uma equação criada pelo belga Hondt, sendo por muitos chamado de “método D’Hondt”. A maioria dos países na Europa e muitos em todo o mundo utilizam esse método.

 

Referências

http://www.luisgomesrn.com/portal/modules/news/article.php?storyid=230

http://jus.com.br/forum/89671/votos-em-legenda-partidos-coligados-como-funciona-a-distribuicao/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_eleitoral_do_Brasil

http://pt.wikipedia.org/wiki/Elei%C3%A7%C3%B5es_no_Brasil

http://www.tre-sc.jus.br/site/eleicoes/calculo-de-vagas-deputados-e-vereadores/index.html

http://www.flc.org.br/revista/materias_view.asp?id=%7B9E21134A-1BAE-4561-8D27-290BAE7668DE%7D

http://dricaguzzi.info/2010/coligacoes-partidarias-visualizando-confuso-sistema-distribuicao-votos

http://www.flickr.com/photos/14898892@N02/sets/72157624920730871/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s