O que é importante para as pessoas (e/ou para a imprensa?)

 

Não está muito nítido para você, infelizmente (a câmera desse celular é pobre). Mas o assunto é a prioridade que dão aos nossos olhos. O quanto a imprensa publica o que o povo quer, e o quanto ela manipula? Aqui temos os vários jornais diários vendidos no Rio de Janeiro. Todos eles deram grande destaque ao futebol, e de forma muito pouco destacadas, exibiram manchetes como:Manchetes dos jornaisO Globo: LIXO NUCLEAR AMEAÇA PARAR AS USINAS DE ANGRA; JOVENS SÃO CAMPEÕES DE AUTOMEDICAÇÃO

EXTRA: Professor inicia greve em todo o Rio; Rua afunda e obra do metrô para na zona sul

Essa greve, aliás, foi de uma covardia desigual, e quase não entrou nos jornais. Quase não entrou, e os professores não conseguiram uma mobilização popular como a obtida pelos bombeiros tempos atrás… É desesperador. Mas esse é um capítulo a parte.

Em todo o canto notícias sérias e da máxima importância deixadas em pequeno plano. Não que o jornal só deva publicar desgraça, acho que todo mundo merece um pouco de relaxamento, lazer, prazer. Mas o desequilíbrio aqui é muito claro.

Panis et circensis.

(Arnaldo)

 

Anúncios