Eu queria estar na Maré

Não posso expor os demais a minha conjuntivite. Eu queria largar tudo e estar lá. No enterro, na favela. Queria tirar minha roupa e dizer essa pele não me representa. Meu pinto não me representa. Bandeiras não me representam. Sou gente, só gente. Quero ser visto somente assim, como gente.

Pele não representa ninguém.

Arnaldo V. Carvalho
Arquivo pessoal.

Rio de Janeiro, 15 de março de 2018.

Resultado de imagem para marielle

Dois meses… continuam não entendendo… Continuam matando você e tantos outros todos os dias… E continuam não entendendo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s