Monsanto gastou US $ 17 milhões em um ano para desacreditar a Agência Internacional do Câncer por causa do Glifosato

QUE JOGO SUJO! DISGUSTING!

Até que ponto a Monsanto quis desacreditar os cientistas internacionais de câncer que acharam o herbicida glifosato da empresa um provável carcinógeno humano e promover uma contra-mensagem de segurança ao glifosato? O suficiente para alocar cerca de US $ 17 milhões para a missão, em apenas um ano, de acordo com evidências obtidas por advogados representando vítimas de câncer processando a Monsanto.

IARC-644x363

Por Sustainable Pulse

Esse detalhe e outros sobre o funcionamento interno das operações de relações públicas da Monsanto vieram à tona em um depoimento gravado em 22 de janeiro do executivo da Monsanto, Sam Murphey. O trabalho de Murphey na Monsanto incluía direcionar as relações com a mídia global e “esforços de defesa em apoio a grandes litígios, questões políticas e ameaças à reputação” envolvendo o negócio de herbicidas à base de glifosato da empresa. E uma das maiores ameaças veio desses cientistas do câncer. Murphey agora trabalha…

View original post mais 1.526 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s