Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘como dar root’

Dar root no celular Android e “turbina-lo”

Por Arnaldo V. Carvalho*

Precisei rootear meu celular para tentar recuperar mensagens perdidas. No processo de aprender, descobri uma infinidade de vantagens, que você pode querer igualmente para o seu celular. Uma delas pude aplicar imediatamente: finalmente consegui eliminar aplicativos chatos que vieram “de fábrica” e não podiam ser removidos. Isso porque “rootear” é ter o controle total do celular, e o fabricante, em princípio, impede que isso aconteça para que o usuário comum não consiga numa dessas, sem querer, estragar o sistema operacional e inutilizar o telefone.

Pois bem, uma vez convencido da necessidade de rootear meu celular, comecei a estudar como fazer isso da forma mais eficaz, tranquila e segura. O que vou mostrar é um “combo” no que aprendi nos seguintes sites, e mais alguns que basicamente se repetem:

Basicamente, os textos sobre Root explicam o que é, os riscos e como fazer. Sobre essa última etapa, cada texto indica um software diferente, muitas vezes ligado à empresa que publicou o texto e normalmente vende um app ou software que requer Root. Mas vamos seguir esse “script”.

O que é:

“Dar root” ou “Rootear” quer dizer, na linguagem do celular Android, permitir que o usuário através de programas, possa entrar literalmente no cerne lógico do computador, ir na RAIZ (Root) dele. Isso significa, como todos os programas gostam de deixar claro, que ao mesmo tempo que as varreduras atrás de informação perdida são as mais profundas possíveis, por outro lado podem oferecer RISCOS ao celular. Riscos que, segundo li, podem detonar mesmo seu celular. É como um neurocirugião mexer no seu cérebro, saca? Pode curar, pode… Ferrar de vez. Além disso, os fabricantes não querem que você remova aplicativos deles e de seus parceiros e condicionam a garantia do celular a NÃO DAR O ROOT (o meu celular por exemplo vem com apps da Vivo que são um saco, só ocupam memória, e não podem ser removidos). Então, se você é super satisfeito com a interface, o desempenho e as funcionalidades do seu celular, Root não é para você.

Por outro lado, um celular com “superacesso”como se fala das  autorizações do usuário quando o celular está “rooteado” pode utilizar apps poderosos, que só funcionam desse jeito. Ele pode fazer backups mais rápido, pode escolher de verdade todos os aplicativos que quer ter e remover todos os que não interessam, e ainda remover ou mudar aquela tela de abertura do celular. Ele também pode recuperar arquivos perdidos com facilidade, aumentar o espaço de memória interna, melhorar o desempenho, economizar bateria, etc., etc., etc. É tanta coisa boa que seu celular pode ganhar uma nova vida, literalmente – e muito melhor.

Mas a opção mais radical com o Root é para a galera que simplesmente usa um outro sistema operacional, uma configuração 100% nova no aparelho. É mais do que uma simples”tunagem”, é mesmo como uma outra alma no velho corpo. Essa eu deixo para os fortes…

Como fazer?

Rootear pelo visto é uma arte. Há diferentes softwares de Root, e cada um deles pede para você mexer em certas configurações do seu celular antes dele conseguir resolver seu problema. Diferentes softwares possuem diferentes preparações prévias. Além disso, os aplicativos de root precisam saber identificar com perfeição qual é o modelo de aparelho, porque sendo a arquitetura interna sempre diferente,não há um root “genérico” para todos. Os que foram indicados, dos textos que li são:

  • Towelroot
  • Superoneclick
  • Oneclickroot
  • iRoot
  • SuperRoot
  • Rootgenious
  • Kingo Root

Escolhi o que pareceu mais simples, rápido, gratuito e referenciado em mais de um texto: o Kingo root. Além de todas essas impressões, o pessoal da Kingo disponibilizou instruções específicas explicando sobre o root no Alcatel Onetouch, o meu celular (eles têm diversas orientações específicas para muitos modelos de celular, confira se tem para o seu). Esses são requisitos que você precisa pesquisar antes de dar o Root, sem dúvida.

Foi muito fácil! Baixei o programa, instalei, conectei meu celular ao computador pelo cabo USB. O programa se conectou ao celular e fez o resto. Celular rooteado, O Kingo Root instala para você também o “Kingo Superuser” que basicamente indica programas que usam root e são muito bons.

Está aí minha gente, celular com root é o que há, e se fizer direitinho não tem mistérios.

Fico a disposição para toda a sorte de dúvidas e comentários!

***

 

* Arnaldo V. Carvalho é encantado com a tecnologia, mexe com computadores desde oito anos, e adora fuçar em programas, software e hardware. De vez em quando se mete numa enrascada e publica soluções aqui.

 

 

Read Full Post »

%d bloggers like this: