Desprezadores do corpo!

“Perecer, quer o vosso ser próprio, e por isso vos tornastes desprezadores do corpo! Porque não conseguis mais criar para além de vós. E por isso, agora, vos assanhais contra a vida e a terra. Há uma inconsciente inveja no vesgo olhar do vosso desprezo. Não sigo o vosso caminho, ó desprezadores da vida!”

(Zaratustra, personagem de FRIEDRICH W. NIETZCHE (do livro “ASSIM FALOU ZARATUSTRA”)

Corpo criador

“O corpo criador criou o espírito como mão da sua vontade”.

Zaratustra, personagem de FRIEDRICH W. NIETZCHE (do livro “ASSIM FALOU ZARATUSTRA”)

Inveja casta

 

“A castidade é uma virtude, em alguns, mas, em muitos, quase um vício. Esses, sem dúvida, praticam a abstenção; mas a cadela sensualidade lança olhares de inveja através de tudo o que fazem”.

Zaratustra, personagem de FRIEDRICH W. NIETZCHE (do livro “ASSIM FALOU ZARATUSTRA”)

O sábio desconhecido

“Atrás de teus pensamentos e sentimentos, meu irmão, acha-se um soberano poderoso, um sábio desconhecido – e chama-se o ser próprio. Mora no teu corpo, é o teu corpo.”

Zaratustra, personagem de Friedrich W. Nietzche (em “Assim falou Zaratustra”)

A fome e o pai de todas as aflições

 

 “Dez verdades cumpre-te achar durante o dia; de outro modo ainda procuras verdades durante a noite, pois a tua alma ficou com fome.

Dez vezes deves rir, de dia, e estar alegre; do contrário, à noite, te incomodará o teu estômago, esse pai das aflições”.

(FRIEDRICH W. NIETZCHE, em ASSIM FALOU ZARATUSTRA)

.

.

“‘Eu’ – dizes; e ufanas-te desta palavra. Mas ainda maior – no que não queres acreditar – é o teu corpo e a sua grande razão: esta não diz eu, mas faz o eu”.

(De Assim falou Zaratustra, Nietzche)