Romanceiro da Inconfidência (1954)

Mais atual que nunca?

Trecho do livro escrito em 1954 por Cecília Meireles.

(…)

Em baixo e em cima da terra
o ouro um dia vai secar.
Toda vez que um justo grita,
um carrasco o vem calar.
Quem sabe não presta, fica vivo,
quem é bom, mandam matar.

(Romance V)