Porque não se isolar do falastrão nazista:

“Como era tentador, por exemplo, simplesmente ignorar o falastrão nazista. Mas por mais sedutor que possa ser render-se a tais tentações e isolar-se em sua própria psique, o resultado sempre será uma perda do humano junto com a deserção da realidade”.

Hanna Arendt, filósofa alemã-judia (1906-1975)

Imagem relacionada

Um ato que nega os demais

“A poesia não é uma crença. Nem uma lógica. A poesia é um ato. Um ato que nega todos os atos. Ai se dá no instante em que a sombra do sonho parece a sombra do poema”.

Takiguchi Shuzô, artista japonês. 1903-1979

A fome e o pai de todas as aflições

 

 “Dez verdades cumpre-te achar durante o dia; de outro modo ainda procuras verdades durante a noite, pois a tua alma ficou com fome.

Dez vezes deves rir, de dia, e estar alegre; do contrário, à noite, te incomodará o teu estômago, esse pai das aflições”.

(FRIEDRICH W. NIETZCHE, em ASSIM FALOU ZARATUSTRA)