Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2016

BLOG DO PENSAR A EDUCAÇÃO

Luciano Mendes de Faria Filho

Enquanto vários movimentos sociais, boa parte deles com forte representação junto aos profissionais da escola básica, protestavam nas ruas contra o  Temer e suas políticas,  o governo  deu mais um golpe na democracia, cerceou o debate e cumpriu aquilo que o ministro havia prometido: editou a MP de Reforma do Ensino Médio. De uma só penada mexeu na carga horária total do EM, na formação de professores, permitiu que pessoas sem formação sejam docentes, mudou o currículo, a forma de financiamento etc.

A despeito de tudo e de todos que defendem que uma das qualidades da escola pública é, justamente, a possibilidade de participação dos sujeitos em sua construção, a MP dialoga muito diretamente com a Lei 5692, de 1971, ou seja, da Ditadura, ao retirar Filosofia, Sociologia e Artes do Currículo, com o agravante de retirar também a Educação Física, pela qual os militares…

View original post mais 442 palavras

Anúncios

Read Full Post »

“Toda a questão se reduz a isto: pode a mente humana dominar o que a mente humana criou?”

(Paul Valéry, filósofo. 1871-1945)

Read Full Post »

https://i1.wp.com/www.arageek.com/wp-content/uploads/Desktop28-1170x658-1.jpg

Arte em bordado realista que vira impressionismo que vira pintura que vira a gente

A jornalista Stephanie D’Ornelas traduziu, atualizou e colocou sua própria expressão na matéria sobre Cayce Zavaglia, cujo gênio levou a uma expressão artística original e de raríssima beleza. Se fosse retrato seria lindo. Se fosse pintura seria espetacular. Mas sendo bordado… É divino. E quando ela nos permite olhar o verso? E as pinturas (agora de fato) que imitam o bordado em frente ou verso? Incrível, incrível, incrível. As emoções, cores, e histórias dos retratados parecem saltar na gente, formando ligações com nossos próprios sentimentos.
Compartilho aqui a matéria, publicada originalmente por Marni Elyze Katz em inglês e depois retemperada por D’Ornelas em português… E uma reprodução ou outra a mais inseridas by me. Deleitem-se! (Arnaldo)

Embroidered Portraits by Cayce Zavaglia

Os retratos feitos pela artista americana Cayce Zavaglia parecem levar diversas pinceladas de tinta mas são incrivelmente produzidos apenas com linhas e agulhas. As peças bordadas da artista são feitas com muita precisão e riqueza de detalhes.

Cayce se considera uma pintora – sua formação é na área de desenho  – mas nos últimos doze anos ela utiliza as agulhas como principal instrumento de produção.

Ela afirma que seus estudos iniciais em outras técnicas deram a ela ferramentas para utilizar cores e formas, e traduzi-las através das linhas. A artista é autodidata na arte de bordar, e tem a mãe como inspiração – que foi quem a ensinou os princípios básicos de ponto cruz.

“Ao longo dos anos, tenho desenvolvido uma técnica de costura que me permite misturar cores e criar tonalidades que lembram as técnicas utilizadas na pintura a óleo clássica. A direção em que os fios são costurados imita a forma das marcas do pincel em camadas dentro de um quadro. Isso, por sua vez, permite a alusão de profundidade, volume e forma. Minha metodologia de costura faz fronteira com o obsessivo, mas me permite evocar visualmente interpretações pictóricas de pele, cabelo e tecido”, afirma a artista em seu site.

Alguns dos trabalhos são feitos com lã mais grossa, enquanto outros têm nível de detalhamento superior, com fios mais finos, como de algodão, seda e lã fina.

Alguns anos atrás, Cayce “descobriu” a parte de trás do seu trabalho – um mundo caótico de linhas que é formado enquanto ela cria o retrato. O verso de suas obras foi tema de uma exposição realizada no ano passado em Nova York, na Lyons Wier Gallery, que reconhece a beleza desses belos “acidentes”, verdadeiras metáforas da parte desorganizada por trás das aparências.

Algumas das telas ficavam no meio da sala de exposição para que os visitantes pudessem ver a frente e o verso.

 

https://i0.wp.com/www.dyeinghousegallery.com/wp-content/uploads/2015/05/zavaglia2.jpg

Cayce ficou tão intrigada com o lado reverso invisível de seus retratos, que decidiu inverter a lógica de seu trabalho: ao invés de usar linhas para imitar pintura, criou pinturas que imitam o verso de suas obras feitas de fios.

A exposição contou com um pequeno número de pinturas feitas em guache, e em acrílico . O resultado final não poderia ser mais interessante!

https://quantumartreview.files.wordpress.com/2015/11/2015-zavaglia-rocco-verso-hi-res.jpg?w=550&h=659

https://arnaldovcarvalho.files.wordpress.com/2016/09/159e2-img_2076.jpg?w=503&h=659

Conheça outros trabalhos no google, no site oficial e no Instagram da artista…
Matéria original: Via/Via. Matéria da Stephanie D’Ornelas: http://followthecolours.com.br/art-attack/retratos-bordados-cayce-zavaglia/

 

Zavaglia em seu estudio (Bônus…)

https://i2.wp.com/cdn.trendhunterstatic.com/thumbs/cayce-zavaglia.jpeg

Resultado de imagem para Cayce Zavaglia

Resultado de imagem para Cayce Zavaglia

 

Read Full Post »

%d bloggers like this: